Written on Fevereiro 9th, 2012 at 6:32 pm by

0 Comments

O nascimento de Jesus

Maria e José viviam felizes, à espera da criança que ia nascer.
Alguns meses depois, o imperador romano Augusto, que governava todo o país, fez uma nova lei para recensear (contar) a população: todos tinham de se ir registar na cidade onde tinham nascido, para depois poderem ser cobrados impostos.

A família de José viera de Belém, por isso eles tinham de voltar para lá.

Começou a longa viagem com Maria, que já estava quase na altura de dar à luz.

Carregaram algumas coisas num burro, e partiram, com Maria montada no animal.

Já era muito tarde quando chegaram a Belém, e Maria estava muito cansada. A cidade estava cheia de gente e de barulho, por causa de todos os que tinham vindo registar-se.

José tentou encontrar um quarto nas várias estalagens, mas já nenhuma tinha lugar.

Continuaram a percorrer as ruas à procura de um lugar onde dormir, José puxando o burro pela arreata e Maria montada nele.

Bateram à porta da última estalagem da terra, mas também aí já não havia lugar. Havia um estábulo perto, que estava limpo e era abrigado.

José levou-os até lá. Ajudou Maria a descer do burrinho e fez uma cama com palha, que cobriu com uma manta, para todos descansarem.

À meia noite, o filho de Maria nasceu.
Maria embrulhou-o num pano e José encheu uma manjedoura com palha limpa e fofa e nela deitaram o bebé.
Chamaram-lhe Jesus, tal como dissera o anjo.

Receba grátis a Newsletter do Histórias Infantis!

Muitas e muitos histórias infantis para contar.

, , ,

Seja o primeiro a Comentar

Deixe um Comentário